As 12 Leis Universais

image

QUAIS SÃO AS LEIS UNIVERSAIS E A SUA ORIGEM?

As 12 leis universais são consideradas leis intrínsecas e imutáveis de nosso universo, que as culturas antigas sempre conheceram intuitivamente. As leis são frequentemente associadas ao Ho’oponopono, uma meditação pela liberdade originada na antiga cultura havaiana. Algumas das leis, no entanto, também são atribuídas à filosofia hermética que remonta ao antigo Egito. 

Todas as leis estão relacionadas a como gerimos a vida com amor e alegria.

1. LEI DA UNIDADE DIVINA  

Esta primeira lei é a mais fundamental lei do universo que destaca a interconexão de todas as coisas – com o Todo. Afirma que além de nossos sentidos, todo pensamento, ação e situação está de alguma forma conectada a tudo e qualquer coisa. O Todo é tudo e tudo é o Todo!

2. LEI DA VIBRAÇÃO   

Tudo vibra. Tudo tem uma frequência! Ao nível microscópico, tudo está em constante movimento e a vibrar numa frequência específica, isto aplica-se à matéria, mas também à frequência individual de cada um de nós. Esta lei diz que a nossa frequência vibracional pode expressar a nossa experiência. (Como aumentar a vibração? Fazendo o bem!)

3. LEI DA CORRESPONDÊNCIA   

Tudo o que está em cima, está em baixo! Esta lei afirma que os padrões repetem-se em todo o universo e num nível pessoal a nossa realidade é um espelho do que está acontecer dentro de nós num certo momento, ou seja, como é por dentro, é por fora.
Por exemplo: se a nossa vida é caótica e assustadora, é porque há caos e medo dentro de nós. Se a nossa vida parece calma é porque sentimos paz interior. Em qualquer situação problemática, esta lei sugere que questione o que uma determinada situação lhe está a mostrar sobre si e o que requer cura interior. (Se está mal hoje, lembre das suas atitudes nos dias anteriores). 

4. LEI DA ATRAÇÃO  

Sem dúvida a mais conhecida lei universal, a lei da atração costuma ser usada para manifestação. Tudo que emitimos, recebemos de volta! Se emitimos amor, recebemos amor. Se emitimos raiva, recebemos raiva! Uma pura lei da Física.

5. LEI DA AÇÃO INSPIRADA

Intimamente relacionada à lei da atração, a lei da ação inspirada trata de tomar medidas reais para convidar o que queremos para as nossas vidas. Frequentemente, a inspiração vem de dentro: a ação inspirada é um impulso interno, mas nem sempre é um plano de ação. Praticar a lei significa desacelerar, ficar quieto e criar espaço para  acontecer uma orientação interna. Quando deixamos de lado a nossa necessidade de organizar e controlar como tudo vai acontecer e estamos abertos a todas as possibilidades, abrimos espaço para novas maneiras de atingir os nossos objetivos. Da filosofia Taoísta: Solta! (E tudo se resolve!)

6. LEI DA TRANSMUTAÇÃO PERPÉTUA DE ENERGIA  

Tudo é energia e informação! Esta lei afirma que num nível energético, tudo no universo está em constante evolução ou flutuação. Cada ação é precedida por um pensamento, em que os próprios pensamentos têm o poder de eventualmente se manifestar na nossa realidade física. Já esteve perto de uma pessoa negativa e sentiu que o seu próprio positivismo se esgotava? Este é um exemplo – mas também pode funcionar ao contrário: frequências mais altas transmutam as mais baixas quando aplicadas com intenção. Sabendo disso, podemos procurar ativamente elevar a energia negativa ao nosso redor com os nossos pensamentos e ações. 

7. LEI DE CAUSA E EFEITO   

Esta lei destaca a relação direta entre ações e eventos. O que muitas vezes acontece é que não conseguimos ver os efeitos imediatamente, mas eles voltarão. 

As vibrações e energias que colocamos nas coisas e situações podem não manifestar-se num determinado momento, mas têm um efeito cascata e afetam os resultados dos eventos. 

8. LEI DE COMPENSAÇÃO  

A lei da compensação está intimamente ligada à lei da atração e à lei da correspondência. “Colhemos o que semeamos” é o principal mote desta lei, que afirma que todos os esforços têm resultados positivos. Devemos sempre contribuir para os nossos objetivos, de maneira que atraia (ou compense) amor e apoio. 

9. LEI DA RELATIVIDADE   

Esta lei sugere que temos a tendência para comparar as coisas no nosso mundo, mas, na realidade, tudo é neutro. O relativismo existe em todas as coisas e, no final, o significado destas resume-se à nossa perspectiva e percepção. Aplicar esta lei pode-nos ajudar a entender momentos mais difíceis da nossa vida com maior compaixão. A ideia principal é valorizarmos o que temos sem precisar de comparar com outras pessoas e coisas. Tudo apenas é! (Quem julga é o seu ego).

10. LEI DA POLARIDADE 

Esta lei diz que tudo na vida tem um oposto: bem e mal, amor e medo, calor e frio. A chave é entender que estes são os dois lados da mesma moeda. Ou seja, todo o contraste traz mais clareza. Sintonizarmo-nos com esse oposto pode revelar-nos uma nova perspectiva ou lição.  

11. LEI DO RITMO

Os ciclos são uma parte natural do universo. Podemos pensar sobre as estações do ano na Terra ou relativamente às nossa vidas, podemos recordar que a integração é tão importante quanto o crescimento. Estamos constantemente a pensar que temos que ser sempre iguais o tempo todo, quer pensemos na nossa saúde ou mesmo na produtividade,  mas isto não é sustentável.  Observe os seus ritmos internos e tente trabalhar com eles em vez de lutar contra eles. Sente-se esgotado? Talvez seja melhor descansar um pouco em vez de estar em constante exigência para seguir em frente.  

12. LEI DO GÊNERO  

Por último, a lei do gênero relacionada à energia masculina e feminina que existe em todas as coisas. Alcançar o seu equilíbrio entre as energias masculinas e femininas pode ajudá-lo a viver de forma mais autêntica. 

image

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE A NEWSLETTER
E fique por dentro de todas as notícias que são postadas em primeira mão.